Blog

É difícil manter a dieta na correria do dia a dia? Confira 10 dicas que vão te ajudar.


Uma das perguntas mais feitas pelos pacientes, "como vou seguir com a correria do dia a dia?'', no post listei 10 dicas que ajudam a se programar e se organizar para que nem a sua rotina agitada te faça sair da dieta. Vamos la?

1. Faça uma lista de compras

Uma lista de compras com os alimentos que fazem parte do seu planejamento alimentar é super importante, faça listas semanais ou quinzenais para evitar que os alimentos estraguem e para que consiga variar as opções. Ter os alimentos à disposição evita hábitos menos saudáveis de última hora.

2. Dedique um horário para preparar suas refeições

A falta de tempo para preparação é o argumento mais citado pelos pacientes como justificativa para não comer bem, para que isso não seja mais um problema é preciso que reservar algum tempo para preparar as refeições com antecedência. Deixar os alimentos pré-preparados (legumes e verduras higienizadas, cortar frutas, etc..) também facilita muito na hora do preparo.

3. Armazene de forma correta

Guardar os alimentos da forma correta, optando por potes de vidro, potes herméticos, retire a umidade do alimento, anote no pote a data que o alimento foi preparado e data de validade. Tenha opções congeladas, além de aumentar o tempo de vida do alimento, ajuda na correria.

4. Tenha opções saudáveis sempre por perto

Tenha sempre uma opção de lanche saudável caso tenha algum imprevisto. Castanhas, frutas secas, barrinhas de cereal, barrinhas proteicas, snacks saudáveis são boas opções, coloque no carro na bolsa, na gaveta do trabalho, quando precisar estará lá.

5. Respeite o fracionamento das refeições

Longos períodos de jejum podem fazer com que a fome aumente na hora das refeições, por isso os lanches intermediários são importantes. Em casos especiais de dietas com algum tipo de jejum o lanches intermediários podem não fazer parte do planejamento mas nunca faça algo do tipo sem algum acompanhamento profissional ok? Saúde em primeiro lugar!

6. Leve sua marmita

Para quem passa o dia inteiro fora de casa levar uma bolsa térmica com suas refeições já separadas é uma boa alternativa, nem sempre é fácil achar opções saudáveis.

7. Tenha uma boa noite de sono

O sono prejudicado por ocasionar mudança na qualidade de vida, diminuindo o desempenho nas atividades diárias e alteração no metabolismo, diminuindo o gasto energético diário, e também alterando os mecanismos que regulam o apetite (hormônios Leptina e Grelina), e conseqüentemente aumentando a ingestão alimentar. Além disso, se o individuo dorme poucas horas durante a noite, durante o dia tende a ficar sonolento o que pode trazer outros problemas como provocar um estado de ansiedade e estresse, decorrente da privação do sono.

8. Sempre tome café da manhã

O café da manhã é uma refeição de extrema importância, existem estudos que mostram que ao pula-lo existe uma grande probabilidade de que o resto do dia seja prejudicado, estimulando a vontade de ''beliscar'', comer mais carboidratos e aumentar a quantidade calórica nas principais refeições.

9. Beba água

Não se esqueça da água, as vezes a sensação de fome é confundida com sede, então você pode estar consumindo uma quantidade calórica maior quando na verdade só precisa se hidratar.

10. Aumente a densidade nutricional

Melhore a densidade nutricional (alimentos que possuem elevada quantidade de nutrientes em relação ao seu valor energético) da sua refeição, use sementes (semente de abóbora, de girassol, linhaça, chia, gergelim,etc..), temperos naturais (açafrão, curry, pimentas, paprica, canela, gengibre, etc..), superfoods (cacau, berries, camu camu, chlorella, spirulina, mirtilos, chá verde, etc..), dessa forma garantimos uma enorme variedade de vitaminas e minerais na dieta.

#Dicas #Dieta #10dicas

Featured Posts
Archive
Follow Me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon